16:59 - Domingo, 22 de Outubro de 2017

Notícias

» Umac: aposta deu um novo ânimo à suinocultura
01/06/2015


Por muitos anos, a destinação adequada dos dejetos suínos foi um problema e um impedimento para novos investimentos na suinocultura no município. A situação ainda preocupa, entretanto, a lei em vigor exige que novos empreendimentos somente podem ser construídos com o investimento paralelo em uma Unidade Mecanizada e Automatizada de Compostagem (Umac). Isto porque as unidades erguidas em propriedades tupandienses estão a todo vapor e apresentam resultados positivos, afinal, o composto produzido é orgânico e sem cheiro.
Na propriedade da família Schuh, no Morro Gaúcho, a Umac está em funcionamento desde novembro de 2011, sendo a segunda do município a entrar em atividade. Desde então, os resultados são positivos e os empreendedores rurais comemoram o investimento realizado. A família tem em torno de 110 bovinos para engorda e 3 mil suínos. O composto é usado na propriedade (cerca de 32 hectares), além de vizinhos e outros agricultores que compram o material. Foi também da propriedade dos Schuh que em fevereiro deste ano saíram 48m³ de composto. O material foi levado para Minas Gerais, para lavouras de pepino, tomate e milho.
“Desde que investimos, temos somente bons resultados. Com certeza é uma forma muito viável e uma solução para a suinocultura e destinação adequada dos dejetos”, afirma Carlos, que junto com o pai, Cláudio, administra a propriedade. E os bons resultados motivam os agricultores para investir mais. De acordo com Carlos, em dois anos ou mais, a ideia é de investir novamente. “Vamos ver como será o processo”, destaca.
A Umac
A unidade da família Schuh conta com quatro leiras (ou vagões), onde todos os dejetos suínos são misturados a restos de madeira (triturados) e transformados num composto orgânico sem cheiro. A Umac tem capacidade para aproximadamente 800 metros³ de dejetos.
Desde que a família utiliza o composto na propriedade, não tem mais a necessidade da compra de adubos. E isto reforça a validade do investimento, pois além de dar um destino adequado para os dejetos, os Schuh têm ganhos maiores com a produção de milho.
Mais unidades em construção
Antes da família de Cláudio Schuh, Plínio Rohr já havia investido na Umac. Além disso, a terceira unidade está em funcionamento, desde o final do ano passado, na propriedade de Lademir Spohr. A quarta está sendo instalada nas terras de Élio Führ, no Morro Zimmer e a quinta será implantada em Júlio de Castilhos, na propriedade de Valdemar Werle.


Legenda da foto: Solução viável para a suinocultura: Carlos e a filha, Elisa, em frente à Umac, na propriedade da família; sistemática garante bons resultados para os Schuh.


(Texto e foto: Jornal Primeira Hora)






O que deve melhorar no trânsito na área central de Tupandi?

Maior respeito aos pedestres
Os motoristas devem diminuir a velocidade
Mais espaços de estacionamento
Espaços para ciclistas



Votos
213


[ Outras Enquetes ]


Nome:
 
E-mail:
 






Desenvolvido por Studyo10 © 2001 - 2017 - Todos os Direitos Reservados